Video

O Livro
Oradores

Guy Ryder

Diretor Geral da OIT desde 2012

guyryder

Born in Liverpool (UK) in 1956, Guy Ryder studied Social and Political Sciences at the University of Cambridge and Latin American Studies at the University of Liverpool. He speaks French and Spanish as well as his mother tongue, English. He started his professional career in 1981 as assistant at the International Department of the Trade Union Congress in London.

From 1985, he held the position of Secretary of the Industry Trade Section of the International Federation of Commercial, Clerical, Professional and Technical Employees (FIET) in Geneva.

In 1988, Guy Ryder became Assistant Director and – from 1993 – Director of the Geneva office of the International Confederation of Free Trade Unions (ICFTU).

Guy Ryder first joined the International Labour Organization in 1998 as Director of the Bureau for Workers’ Activities and, from 1999, as Director of the Office of the Director-General. It was during this time that the ILO’s Decent Work Agenda was launched and won support from the international community.

In 2002, he was appointed General Secretary of the ICFTU, leading the process of global unification of the democratic international trade union movement. He was elected as first General Secretary of the International Trade Union Confederation (ITUC) when it was created in 2006. He headed international trade union delegations to high level talks with the UN, IMF, World Bank and WTO and to the G20 Leaders’ Summits.

In September 2010, Guy Ryder came back to the ILO in Geneva as Executive Director, responsible for international labour standards and fundamental principles and rights at work. Among other activities, he supervised the application of ILO Conventions and Recommendations. He also headed several high-level ILO missions to address a range of issues related to labour standards in countries such as Bahrain, Colombia, Fiji, Georgia, Greece, Myanmar and Swaziland.

Guy Ryder was elected as ILO Director-General by the ILO’s Governing Body in May 2012 and took office on 1 October 2012. On taking office, he pledged to position the Organization as a determined actor translating principle into action and ensuring that it had the capacity to make a major difference to the working lives of people on all of the continents. To support this he launched a major reform process  geared to assuring the ILO’s authority on matters falling within its mandate.”

Since October 2015, Guy Ryder has been a Geneva Gender Champion. TheInternational Geneva Gender Champion Network  is a leadership network of international decision-makers who are committed to promoting gender equality.

http://www.ilo.org/global/about-the-ilo/how-the-ilo-works/ilo-director-general/WCMS_205241/lang–en/index.htm

Stefano Scarpetta

Diretor para o Emprego, Trabalho e Assuntos Sociais da OCDE

stefano_scar

Stefano Scarpetta is Director for Employment, Labour and Social Affairs at the OECD.

Mr. Scarpetta joined the OECD in 1991 and held several positions in the Economics Department and in his current Directorate. He led several large-scale research projects, including: “Implementing the OECD Jobs Strategy”; the “Sources of Economic Growth in OECD Countries”; and contributed to others including “The Policy Challenges of Population Ageing” and “The Effects of Product Market Competition on Productivity and Labour Market Outcomes”. From 2002 to 2006 he worked at the World Bank, where he took over the responsibility of labour market advisor and lead economist. In this capacity, he coordinated a Bank-wide research program of Employment and Development and contributed extensively to the Bank’s investment climate assessments. He returned to the Economics Department of the OECD in November 2006 where he became the head of the Country Studies Division in charge of Japan, Korea, China, India, Mexico, Portugal, Denmark and Sweden. From March 2008 to June 2010, he was the editor of the OECD Employment Outlook and the Head of the Employment Analysis and Policy Division of the Directorate of Employment, Labour and Social Affairs (DELSA). He became the Deputy Director of DELSA in June 2010 and in May 2013 has become Director.

He has published extensively in academic journals, including in the American Economic Review, The Economic Journal, Economic Policy and The International Journal of Industrial Organisation. He edited several books in the fields of: labour economics and industrial relations; economic growth; and industrial organisation. He is the co-director of the programme of work on Employment and Development at the Institute for the Studies of Labour (IZA, Bonn, Germany); Research Fellow of IZA; Member of the expert group on the minimum wage in France; Member of the Executive Board of the CAED (Comparative Analysis of Enterprise Data) network and member of the Scientific Committee of the DARES (French Ministry of Labour).

Mr. Scarpetta holds a Ph.D. in Economics from the Ecole des Hautes Etudes en Science Sociales (EHESS), Département et Laboratoire d’Economie Théorique Appliquée (DELTA) in Paris and a Master of Science in Economics from the London School of Economics and Political Science.

Lora Lyubenova

Membro da Administração do Fórum Europeu da Juventude, responsável pela área do desemprego jovem

lora-lyubenova-todorova

01/2015 – 12/2016  Board member of European Youth Forum responsible for Youth Employment portfolio covering the topics of quality jobs, quality internships and apprenternships, youth entrepreneurship and Social Inclusion portfolio – we had launched a report “Excluding Youth: A threat to our Future. Report on Social Inclusion.” Here is a link to the report http://www.youthforum.org/assets/2016/05/Excluding-youth-a-threat-to-our-future.pdf

03/2013 – 04/2015 : Vice-President of Young European Socialists (YES; former ECOSY)

08/2010 – 03/2013: ECOSY Bureau Member for ELYA- Bulgaria

06/2011- 03/2013: ECOSY Feminist Network Coordinator

12/2012 – 12/2014: Vice-President of National Youth Forum  of Bulgaria

10/2010 – 12/2012: Board Member of National Youth Forum of  Bulgaria

01/2011 – 12/2012: Chair of National Youth Forum of Bulgaria Youth Employment Working Group

09/2010 – present : International Secretary of ELYA-Bulgaria

04/2008- 09/2010: Board Member of ELYA- Bulgaria

07/2007- 08/2008 : Policy analysis maker at Bulgarian Social Democracy Party

University Education: 

10/2010 – present: Sofia University “St. Kliment Ohridski”: Research European Master in Women’s and Gender History
Vienna University: Research topic “The development of Women Labour Market in Bulgaria and Austria in the period 1990-2010”

01/2010 – 07/2010:  University of Copenhagen: Exchange research project about “Women labour markets”

10/2006 – 06/2010: Sofia University “St. Kliment Ohridski”: 4 years Bachelor Degree of Political Science

Thorben Albrecht

Secretário de Estado do Ministério Federal do Trabalho e Assuntos Sociais da Alemanha

foto_sr-thorbenalbrecht
© BMAS/Denzel

Born on 2 February 1970, Thorben Albrecht is one of the State Secretaries at the Federal Ministry of Labour and Social Affairs. He is responsible for the Central Directorate-General and for the Directorates-General dealing with basic policy, labour market policy and European employment and social policy. His most important legislative project to date was the Act to Strengthen Autonomy in Collective Bargaining, which introduced a minimum wage in Germany. He also launched the dialogue Work 4.0. This is a public dialogue on the future of work and the conditions for quality jobs in the digital age conducted by the Federal Ministry of Labour and Social Affairs. The dialogue will run until the end of 2016.

Thorben Albrecht studied history, philosophy and political science at the University of Hanover. He served as Executive Secretary of the Jusos, the youth organisation of the German Social Democratic Party (SPD), before moving on to become the Head of Office of Rudolf Scharping, the then Deputy Chairman of the SPD,  from 1999 until 2003. From 2003 until the end of 2007 Thorben Albrecht worked for the National Executive Board of the German Trade Union Confederation (DGB) as Head of Division responsible for European affairs. During this period he also served as deputy member of the Executive Committee of the European Trade Union Confederation (ETUC) and of the European Economic and Social Committee (EESC). After that he was the Head of Office of Andrea Nahles during her time as SPD Vice-Chairperson and Secretary-General. In February 2011 he started to serve as the SPD’s Head of Department responsible for political planning and analysis, becoming responsible for the SPD’s party platform in the 2013 national election campaign. In this function he also helped negotiate the coalition agreement with the Christian Democrats.

Manuel Carvalho da Silva

Doutorado (2007) e licenciado (2000) em Sociologia pelo ISCTE – Instituto Universitário de Lisboa

fotos-oradores-08

Foi entre junho de 1986 e 2012 coordenador e secretário-geral da Confederação Geral dos Trabalhadores Portugueses – Intersindical Nacional (CGTP-IN).

É investigador do Centro de Estudos Sociais (CES) desde 2009, onde coordena a delegação do CES em Lisboa e o Observatório sobre Crises e Alternativas. Professor Catedrático da Universidade Lusófona entre 2011 e 2016, é também membro externo do Conselho Geral da Universidade do Minho.

Escreve e intervém regularmente – em conferências no espaço académico e em atos socioeconómicos e sociopolíticos – sobre temas como o sindicalismo, o trabalho, o emprego, o Estado Social e o desenvolvimento e tem sido comentador residente em vários programas na televisão e na rádio. É autor de inúmeros artigos em jornais e revistas (assina uma coluna semanal no JN desde 2011), capítulos e outros contributos em livros, entre outras publicações. Integra o Conselho Editorial da Revista de Derecho Social Latinoamérica.

Na sua obra destacam-se, entre outros, os livros Vencer o Medo – Ideias Para Portugal. Lisboa: Temas e Debates, 2012; Trabalho e Sindicalismo em Tempo de Globalização – Reflexões e Propostas. Lisboa: Círculo de Leitores/Temas e Debates, 2007.

José da Silva Peneda

Professor e Presidente do Conselho Geral da Universidade de Vila Real

silvapeneda

Licenciado em Economia (U.P.). Diplomado em Administração do Desenvolvimento (Institute of Social Studies-Haia, Holanda).

Deputado à Assembleia da República e à Assembleia Municipal da Maia. Secretário de Estado da Administração Regional Local. Secretário de Estado do Planeamento e Desenvolvimento Regional. Ministro do Emprego e da Segurança Social. Representante pessoal do Primeiro-Ministro no dossier das redes transeuropeias. Vice-Presidente e Presidente da Comissão de Coordenação da Região Norte. Vice-Presidente da Sonae Investimentos. Presidente do Conselho de Administração do Jornal de Notícias e da Global Notícias. Deputado ao Parlamento Europeu. Presidente do Conselho Económico e Social (CES). Conselheiro Principal do Presidente da Comissão Europeia.

Membro do Conselho das Ordens Nacionais. Presidente do Conselho Geral da Universidade de Trás os Montes e Alto Douro (UTAD). Presidente da Fundação Rei Afonso Henriques, com sede em Zamora, Espanha. Presidente das Assembleias Gerais da Santa Casa da Misericórdia de Matosinhos, da União das Misericórdias Portuguesas e da Associação Académica de S. Mamede. Membro do Conselho Superior do Futebol Clube do Porto. Participa de forma ativa e regular nas atividades do principal “think-tank” do Partido Popular Europeu “European Ideas Networking”.

Para além de variadas intervenções públicas e artigos publicados em diversos órgãos de comunicação social, proferiu mais de 150 Conferências em Portugal e no estrangeiro, nomeadamente em Espanha, França, Itália, Grécia, Malta, Bélgica, Holanda, Dinamarca, Hungria, Eslovénia, Roménia, Polónia, Venezuela, México, Brasil, Marrocos e Argélia, a convite de diversas instituições académicas e políticas.

Foi distinguido, entre outras, com as seguintes condecorações:

Medalha de Ouro atribuída pelas Câmaras Municipais de Seia (1986), Maia (1989), Torre de Moncorvo (2010), Porto (2013) e Matosinhos (2013)

Grã-Cruz da Ordem do Infante D. Henrique, Portugal, 2010

Grande Oficial da Ordem de Mérito do Grã Ducado do Luxemburgo, 2015

Paulo Bárcia

Atualmente Consultor da OIT

paulo_barcia

  • Economista, especializado nas áreas do emprego, trabalho e relações profissionais.
  • Actualmente Consultor da OIT
  • Alto funcionário da OIT (Organização Internacional do Trabalho) desde 1984, da qual recentemente se reformou (Maio/2015), tendo, entre outras, ocupado as funções de Chefe de Gabinete do Diretor Geral e Diretor do Escritório da OIT em Lisboa.
  • 5 anos (1999/2003) como Conselheiro para as Questões do Trabalho e do Emprego da Missão de Portugal junto das Nações Unidas em Genebra
  • Arquiteto da abertura de um Escritório da OIT em Lisboa e do reforço das relações da OIT com a CPLP e o mundo do trabalho em língua portuguesa

Antonio Saraiva

Presidente da CIP – Confederação Empresarial de Portugal desde 2010 até ao presente

 

antoniosaraiva

Presidente do Conselho de Administração da Metalúrgica Luso-Italiana.

Presidente da Direção da Associação dos Industriais Metalúrgicos, Metalomecânicos e Afins de Portugal (AIMMAP) de 2007 a 2009.

Presidente do Conselho Geral da ELO – Associação Portuguesa para o Desenvolvimento Económico e a Cooperação desde 2014.

Vogal do Conselho Estratégico da SOFID – Sociedade Para o Financiamento do Desenvolvimento, SA, desde 2014.

Membro do Conselho Consultivo da ATEC – Associação de Formação para a Indústria desde 2014.

Membro do Conselho de Escola do ISCSP.

Membro do Conselho de Curadores do ISCTE.

Membro do Conselho Superior da PASC – Plataforma de Associações da Sociedade Civil – Casa da Cidadania.

João Machado

Presidente da Direcção da CAP – Confederação dos Agricultores de Portugal, desde 1999

joao_machado

Presidente do Conselho de Administração do CNEMA – Centro Nacional de Exposições e Mercados Agrícolas, desde 2003;

Membro da Comissão Permanente de Concertação Social do Conselho Económico e Social, desde 1994;

Membro do Plenário do Conselho Económico e Social, desde 1994;

Membro da Direcção da Delegação Nacional Portuguesa da ICC (International Chamber of Commerce), desde 2009;

Membro do COPA – Comité das Organizações Profissionais Agrícolas, desde 1999;

Vice-presidente do COPA, de 1999 até 2003;

Membro do Conselho de Administração da EFSA – Autoridade Europeia para a Segurança Alimentar, de 2002 até 2008;

Presidente da Mesa da Assembleia Geral da Associação dos Viticultores de Alenquer, desde 2001;

Presidente da Mesa da Assembleia Geral da FLOREST, desde 2007;

Presidente da Mesa da Assembleia-Geral da Univegetal – União Agrícola de Cereais e Hortícolas, desde 2012;

João Vieira Lopes

Presidente da CCP – Confederação do Comércio e Serviços de Portugal

joaovieiralopes

Desde 2010, Presidente da CCP, de que cumpre um segundo mandato desde Março de 2014 e que representa nomeadamente no Conselho Económico e Social, na Comissão Permanente de Concertação Social, na Administração do Instituto de Emprego e Formação Profissional). Foi vice-Presidente da CCP entre 2001 e 2010.

Desde 2011 Presidente da Direcção da ADIPA (Associação dos Distribuidores de Produtos Alimentares) a cuja Direcção pertence desde 2002.

Actividade Empresarial/ Profissional

  • Administrador de várias empresas no mercado da distribuição alimentar nos últimos 15 anos, como o grupo Matinha (cash & carry) e centrais de compras. Presentemente Administrador/Director Geral da EUROMADIPORT, integrada na maior rede de centrais de compras e serviços de distribuidores alimentares na Península Ibérica e na Europa, e da central de compras cooperativa portuguesa UNIMARK. Estas organizações agrupam em Portugal 35 empresas de distribuição alimentar do universo das PME, que no conjunto têm uma facturação próxima dos 1 000 Milhões de Euros.
  • Vários anos no “Marketing Research” (Nielsen). Durante 14 anos na Indústria de produtos de grande consumo, tendo ocupado lugares de Administração e Direção em empresas nacionais e multinacionais: Compal, Nabisco, Benckiser e Knorr. Nestas empresas foi ainda coordenador europeu de várias áreas de negócio.

Dados Pessoais

  • 69 anos casado 1 filho
    Formação Académica: Eng. Electrotécnica (Telecomunicações e Electrónica).

Paula Bernardo

Secretária-Geral Adjunta da UGT

paula_bernardo

Casada, 47 anos, 1 filho.

Licenciada em Economia pelo Instituto Superior de Economia e Gestão (ISEG).

É Secretária-Geral Adjunta da União Geral de Trabalhadores desde Abril 2009, estando no seu segundo mandato. Responsável pelas áreas da política económica e emprego.

Membro da Comissão Permanente de Concertação Social (CPCS) desde 2004 – Acompanhamento do diálogo social em geral, tendo participado na discussão de vários acordos tripartidos em CPCS.

Membro do Conselho Económico e Social.

Membro do Conselho Superior de Estatística.

Representante da UGT em vários Comités e Grupos de Trabalho da Confederação Europeia de Sindicatos e da Comissão Europeia, nomeadamente no quadro do diálogo social europeu.

Curso de Auditores de Defesa Nacional (2008/2009).

Francisco Calheiros

Presidente da CTP – Confederação do Turismo Português

francisco_calheiros

Francisco Calheiros, 58 anos, casado e com duas filhas, Licenciado em Gestão e Administração de Empresas pela Universidade Católica Portuguesa.

No seu currículo soma mais de 20 anos de experiência no setor do Turismo, tendo sido inclusivamente condecorado, pelo então Primeiro-ministro António Guterres, com a Medalha de Mérito Turístico e, pelo então Presidente da República Jorge Sampaio, com a Comenda de Mérito Comercial.

O seu percurso é, desde cedo, marcado por uma forte e ativa participação associativa, tendo sido representante de Portugal na ECTAA – Associação Europeia das Associações de Agentes de Viagens e Tour Operadores, entre 1995 e 2008, da qual foi Presidente durante 3 anos.

Atualmente integra a Springwater Capital, accionista de referência de um dos maiores grupos de turismo da Península Ibérica. Springwater Tourism Group, Macrotur, Poligrupo e Sonicel são outras empresas por onde passou.

Desde 2004 que é o Presidente da Assembleia-Geral da APAVT – Associação Portuguesa das Agências de Viagens, cargo que já tinha desempenhado entre 2000 e 2001, dando continuidade ao seu percurso nesta associação da qual foi Vice-presidente em dois mandatos.

Integra ainda os Órgãos Sociais da CTP – Confederação do Turismo Português há já alguns anos, tendo assumido a presidência da mesma em Maio de 2012, renovando em Março do ano passado.

A participação associativa não se limita à área do turismo estendendo-se igualmente a outras, integrando por exemplo, a Associação de Antigos Alunos da Universidade Católica Portuguesa, da qual assume a presidência desde 2001.

Arménio Carlos

Secretário-Geral da CGTP-IN desde 2012

fotos-oradores-05

Trabalhador (Electricista / Operário Chefe) da Companhia Carris de Ferro de Lisboa

Foi membro da Sub-Comissão de Trabalhadores da Estação de Cabo Ruivo da CCFC (inicio anos 80)

Coordenador do Sindicato Trabalhadores Transportes Urbanos de Lisboa (TUL) 1985/1993

Dirigente da Federação de Trabalhadores Transportes e Comunicações

Coordenador da União dos Sindicatos de Lisboa de 1996 / 2007

Membro do Conselho Nacional da CGTP-IN e da sua Comissão Executiva desde 1996

Responsável pela Área do Emprego, Acção Reivindicativa e CPCS (Comissão Permanente de Concertação Social no mandato de 2008 a 2012

Secretário-Geral da CGTP-IN desde 2012

Para além dos cargos que exerceu e exerce no Movimento Sindical foi membro da Direcção da Escola Profissional Bento de Jesus Caraça e Presidente da Assembleia-geral da Sociedade Voz do Operário.

Luísa Guimarães

É actualmente Directora do Programa de Protecção Social, Governança e Tripartismo do Centro Internacional de Formação da Organização Internacional do Trabalho

luisa-guiamraes2

Luísa Guimarães é actualmente Directora do Programa de Protecção Social, Governança e Tripartismo do Centro Internacional de Formação da Organização Internacional do Trabalho. De 2011 a 2014 dirigiu, no mesmo Centro Internacional de Formação, o Programa de Protecção Social. Luisa Guimarães é jurista de formação, e detém duas pós-graduações em Assuntos Europeus e em Relações Internacionais, pelo Institut Européen des Hautes Etudes Internationales de Nice, França.

Especialista em protecção social e políticas de inclusão social, exerceu, ao longo da sua carreira, vários cargos nessa área quer a nível nacional, quer internacional, entre os quais: conselheira social na Representação Permanente de Portugal junto da União Europeia (1991-1992 e 1999-2000), Presidente da Comissão que regulamentou a Lei de Bases da Segurança Social (2000-2001), Assessora do Secretário de Estado da Segurança Social (1995-1999), Chefe de Gabinete do Ministro do Trabalho e da Solidariedade Social (2000-2001), Directora de Departamento do Instituto de Gestão Financeira da Segurança Social (2002-2005), Vice-Presidente do Conselho Directivo do Instituto da Segurança Social (2005-2011), Membro e Vice-Presidente do Comité de Protecção Social da União Europeia (2005-2011) e coordenadora nacional do programa de protecção social e inclusão social no âmbito da Estratégia Europa 2020 (2010-2011).

Maria do Rosário Palma Ramalho

Professora Catedrática da Faculdade de Direito de Lisboa, Presidente da APODIT – Associação Portuguesa de Direito do Trabalho

maria_rosario_ramalho

Professora Catedrática da Faculdade de Direito de Lisboa, desde 2010, coordenando e regendo as disciplinas de Direito do Trabalho e de Teoria Geral do Direito Civil, nos Cursos de Licenciatura, Mestrado e Doutoramento.

Presidente da APODIT – Associação Portuguesa de Direito do Trabalho.

Jurisconsulto

Licenciada em Direito pela Universidade Católica Portuguesa (1984) e Mestre em Direito (Ciências Jurídicas) pela Faculdade de Direito de Lisboa (1992). Doutora e Agregada em Direito (Ciências Jurídicas) pela Faculdade de Direito de Lisboa (2001 e 2009).

Membro do Conselho Científico da Faculdade de Direito de Lisboa. Membro suplente do Conselho Geral da Universidade de Lisboa.

Vice-Presidente do Instituto de Direito do Trabalho da Faculdade de Direito de Lisboa.

Membro fundador do Centro de Excelência Jean Monnet da Universidade de Lisboa.

Membro português do Comité de Juristas da Comissão Europeia em matéria de Igualdade, desde 1984.

Jurisconsulto nas áreas do Direito Civil, Direito do Trabalho, do Direito da Segurança Social, do Direito da Função Pública e do Direito da Igualdade.

Coordenadora científica de diversos projectos internacionais, nas áreas do Direito do Trabalho e do Direito da Igualdade, e, nesse âmbito, consultora da Comissão Europeia e da Organização Internacional do Trabalho

Coordenadora científica de vários projectos de elaboração de actos normativos nas áreas do Direito do Trabalho, do Direito da Função Pública e da Igualdade.

Autora de várias monografias e de múltiplos artigos, inseridos em obras colectivas e em publicações periódicas, nacionais e estrangeiras, nas áreas do Direito do Trabalho, Direito da Segurança Social, Direito Civil e Direito da Igualdade.

Conferencista convidada em inúmeras iniciativas científicas, em Portugal e no estrangeiro, designadamente na Alemanha (Trier), em França (Paris), na Bélgica (Bruxelas), na Hungria (Budapeste), no Brasil (S. Paulo e Campinas), na Holanda (Haia) e em Espanha (Madrid e Valência).

Publicações/ Edited Books
• Portuguese Labour Law and Industrial Relations during the Crisis, ILO GOVERNANCE Working Paper No. 54, ILO, Geneva, 2013
• Tratado de Direito do Trabalho, I – Dogmática Geral (4ª ed., 2015); II – Situações Laborais Individuais (5ª ed., 2014), e III – Situações Laborais Colectivas, (2ª ed., 2015), Coimbra, Almedina
• Direito Social da União Europeia, Coimbra, Almedina, 2009
• Grupos Empresariais e Societários. Incidências Laborais, Coimbra, Almedina, 2008
• Negociação Colectiva Atípica, Coimbra, Almedina, 2009
• Perspectivas Metodológicas do Direito do Trabalho, Coimbra, Almedina, 2005
• Contrato de Trabalho na Administração Pública. Anotação à L. nº 23/2004, de 22 de Junho, 1ª ed., Coimbra, Almedina, 2004, e 2ª ed., Coimbra, Almedina, 2005 (em co-autoria com P. Madeira de Brito)
• Estudos de Direito do Trabalho I, Coimbra, Almedina, 2003
• Da Autonomia Dogmática do Direito do Trabalho, Coimbra, Almedina, 2001
• Lei da Greve Anotada, Lisboa, Lex, 1994
• Do Fundamento do Poder Disciplinar Laboral, Coimbra, Almedina,1993

Arlindo Oliveira

Licenciou-se em Engenharia Electrotécnica e de Computadores pelo IST e doutorou-se em Engenharia Informática e de Computadores pela Universidade da Califórnia em Berkeley, em 1994

arlindo_oliveira

É docente do IST desde 1984 e professor catedrático desde 2005, tendo desenvolvido actividade nas áreas da Aprendizagem Automática, Algoritmia, Data Mining e Bioinformática. É co-autor de dois livros, um sobre arquitectura de computadores e outro sobre a evolução da tecnologia informática, e de mais de 100 artigos científicos em revistas e conferências da especialidade. No decorrer da sua actividade técnica e científica, tem prestado serviços de consultadoria a diversas empresas de software, telecomunicações e sistemas de informação, com foco na área da aplicação de técnicas de data mining à optimização de processos de negócio. Assumiu a Presidência do Instituto Superior Técnico em Janeiro de 2012.

José Manuel dos Santos Fernandes

Presidente do Conselho de Administração da FREZIGEST, SGPS, S.A.

jose_m_fernandes

Nasceu em 23 de Setembro de 1945. Licenciado em Engenharia Mecânica pela Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto (1978) e Bacharel em Electrotecnia e Máquinas pelo ISE/Instituto Industrial do Porto.

2005-2015 – É Presidente do Conselho de Administração da FREZIGEST, SGPS, S.A. (Grupo FREZITE – Fundador 1978).

2015 – Presidente da Associação Empresarial do Baixo Ave.

2014 – É Presidente do Conselho Consultivo da AEP.

2014 – É Presidente do COPRE – Conselho Consultivo Pro-Economia do Concelho da Trofa, a partir de 05 de Fevereiro de 2014.

2014 – É Membro do Conselho de Curadores da Universidade do Porto.

2009-2016 – É Presidente da Assembleia Geral da AIMMAP – Associação dos Industriais Metalúrgicos, Metalomecânicos e Afins de Portugal.

2013 – Liderou a Comissão de Acompanhamento e Fiscalização no concurso de reprivatização dos Estaleiros Navais de Viana do Castelo, a convite da Senhora Secretária de Estado, Drª Luís Albuquerque.

2009-2013 – Foi vogal do Conselho Geral e de Supervisão da EDP.

2008 – Foi coordenador da Missão Empresarial dos Bens de Equipamento à Venezuela, a convite do Primeiro-Ministro, em reforço da Diplomacia Económica.

1998-2008 – Foi Vogal da Assembleia Geral da EXPONOR.

2004-2007 – Presidente da Assembleia Geral da CIP – Confederação da Indústria Portuguesa, de que foi representante no Conselho Nacional do Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (2000-2002).

2001-2004 – Foi Vice-Presidente da Direcção da CIP – Confederação da Indústria Portuguesa.

Membro da Assembleia Geral do EUROPARQUE (1998-2009).

1998-2004 – Presidente da Direcção da Associação dos Industriais Metalúrgicos, Metalomecânicos e Afins de Portugal.

1998 – Foi representante de Portugal no Commité Européen de L’Outilage.

1984-1998 – Vice-Presidente da Associação Industrial Portuense, de que foi representante no Conselho Nacional de Qualidade (1988-1998) e no Conselho da Ciência (1996-2002)

1987-1990 – Foi Membro da Direcção da EXPONOR.

1974-1990 – Foi Director Geral da MIDA.

1974-1975 – Administrador da Metalúrgica Costa Néry S.A.

1972-1974 – Director da Metalúrgica Costa Néry S.A.

1960-1972 – Chefe de Produção da CERLEI.

Escreveu recentemente o livro, “Caminhos do Exportador – Estratégias de Internacionalização”, publicação Almedina (Actual Editora).

Escreve no Expresso, artigos de opinião sobre Economia e Industria.

Miguel Santo Amaro

É Co-Founder da empresa Uniplaces

miguel_amaro

Miguel Santo Amaro is the Co-Founder of Uniplaces – the trusted, global brand for student accommodation. Miguel launched, in 2013, Uniplaces.com with his co-founders, Mariano Kostelec and Ben Grech from Argentina and UK respectively. Since then, they helped thousands of students from over 130 countries to booking their accommodation completely online, generating over US$8 million in booking values. They recently announced the world’s first crowd-funded accommodation scholarship in order to empower global student mobility – “for us it’s not just a scholarship, it’s a movement to help empower students to follow their dreams”. Uniplaces has raised, so far, US$5 million and is preparing the next round of funding to scale globally. Miguel is a Global Shaper from the World Economic Forum and graduated from Babson College with a Masters in International Business (Global Entrepreneurship Program) after having lived and studied in five different countries across US, Europe and Asia. He is a big football fan (S.L. Benfica!) and currently splits his time between London and Lisbon (the trending hub in the global startup scene).

David Dinis

Diretor do jornal Público, depois de ter dirigido também a rádio TSF e o jornal Observador.

david_dinis

Passou antes disso por vários jornais, do DN ao Diário Económico, incluindo o JN e o Semanário. É comentador de política da SIC.

Com o apoio de